Registo Histórico

Por MJ, publicado no extinto blogue Alternativa Identitária

Marc Augier (Saint-Loup), declarou a 24 de Outubro de 1941, no Teatro du Grand Palais des Champs-Elysées, sob a égide do movimento "Jeunes de L'Europe Nouvelle"... "O que me interessa na Alemanha Nacional-Socialista e na sua prática, é unicamente o socialismo. Francês sou, e Francês permanecerei. Mas não pretendo ser cidadão de um estado burguês e reaccionário. Para construir o socialismo na Europa, estou apto a estabelecer uma aliança até com o próprio diabo".

Dias depois, em carta datada de 29 de Outubro de 1941, escrita a Alphonse de Chateaubriant, Marc Augier (Saint-Loup) dizia: "Se pactuo com certos sacrifícios participando na guerra, ainda que não morra de amores por esta, é porque tenho a convicção de que o Nacional-Socialismo aporta finalmente à Europa a realização do socialismo".

Nota: Marc-Augier (Saint-Loup), autor Francês vindo da esquerda radical, fundador e impulsionador dos famosos e conhecidos Albergues de Juventude, hoje espalhados por toda a Europa, a um determinado momento fascinado pela Alemanha Nacional-Socialista adere como voluntário às Waffen SS, na esperança de que estas pudessem vir a ser um campo de ensaio de uma futura Europa das etnias e pátrias carnais. Terminada a guerra, imigra para a Argentina onde prosseguiu a sua carreira de escritor, sem nunca negar as suas convicções. Marc Augier (Saint-Loup) é considerado, por muitos, como um precursor do movimento Identitário Europeu e das correntes ecologistas/ambientalistas.

Comentários

Sem comentários

Adicionar Comentários

Este post não permite comentários