Recordar Joseph Tommasi 30 anos após a sua morte

Joseph Charles Tommasi (1951-15 de Agosto de 1975) foi um Nacional-Socialista Americano que fundou a Frente de Libertação Nacional-Socialista (NSLF) em 1974. Rompendo com a imagem conservadora do Nazismo Americano e com a sua estratégia de “massas”, ele defendia a luta armada de guerrilha contra o Sistema.

Tommasi foi um jovem líder no Partido Nacional-Socialista do Povo Branco (NSWPP) na Califórnia do Sul. O Partido sofreu uma cisão após a morte de George Lincoln Rockwell, e Tommasi, um dos mais radicais entre a liderança, fundou a NSLF, a 2 de Março de 1974, publicando um periódico intitulado “Siege”, onde delineou as bases para a construção de uma organização realmente revolucionária.

A NSLF envolveu-se em diversos actos de acção directa, nomeadamente na destruição à bomba de várias sedes do Partido Comunista dos EUA, assim como no desbaratar de eventos organizados pela comunidade judaica, como foi o caso do lançamento de uma bomba de gás na marcha memorial pelos espiões judeus Julius e Ethel Rosenberg, ao serviço da URSS.

Autor de diversos ensaios revolucionários, Tommasi viu a sua vida ceifada com um tiro na cabeça desferido por um outro Nacional-Socialista, aquando numa refrega entre elementos da NSLF e membros do NSWPP.

Exemplo de militância e de entrega, organizador exímio e inspirador de muitos nacional-socialistas, Joseph Tommasi merece ser lembrado, como paradigma de um homem comprometido com um ideal e disposto a dar própria vida pelo mesmo.

Joseph Tommasi presente!

Comentários

Sem comentários

Adicionar Comentários

Este post não permite comentários